Em defesa do circo-teatro de rua!

Por Francisco Ottoni, bolsista do LASTRO.

Uma mobilização organizada por grupos de Teatro de Rua e Circo em conjunto com a Rede Brasileira de Teatro de Rua foi realizada na tarde do dia 23 de agosto de 2010 (Dia do Artista e dia Contra a Injustiça) na Cinelândia. O evento que foi chamado de “Para que todos saibam” protestava contra as proibições que a Prefeitura do Rio de Janeiro vem fazendo com os espetáculos de Teatro de Rua e circo, gratuitos, nas praças e espaços públicos. O protesto ocorreu simultaneamente em 27 estados com a mesma reivindicação do cumprimento do direito da livre expressão da atividade intelectual, artística científica e de comunicação independente de censura ou licença, assegurado pela Constituição Brasileira.

A manifestação foi feita a partir de uma cena dos grupos de teatro encenando os próprios grupos de teatro se apresentando na rua e que logo em seguida eram repreendidos e oprimidos por policiais (também encenação). A cena da manifestação poderia perfeitamente ocorrer na realidade, mas não houve nenhum conflito e impedimento da cena efetivamente pela polícia. Enquanto isso, Amir Haddad, fundador do grupo teatral “Tá na Rua”, encabeçou a manifestação e protestou no microfone todas as dificuldades que os artistas de rua têm para se expressarem em espaços públicos. Ele também, em alguns momentos, atuava interpretando o discurso “autoritário” do choque de ordem na prefeitura. As pessoas em volta vaiavam a interpretação da fala autoritária e a ação da polícia dando um tom divertido e participativo para a manifestação. Enquanto acontecia a cena uma grande emissora de televisão fazia uma gravação na Cinelândia, mas não houve uma cobertura da manifestação.

No Rio de Janeiro, a manifestação foi realizada pelos grupos: Grupo Off-Sina, Tá na Rua, Teatro em Cordel, Irmãos Brothers, Palhaça Margarita, Teatro de Anônimo, Alice Viveiros de Castro, Crescer e Viver, Circo Tropical, Circo Trapézio, Bossa Jazz, Grupo Arteatro, Grupo Redemoinho, Se Essa Rua Fosse Minha, Cia de Teatro Contemporâneo, As Comediantes, Grupo Cutucurim, UERAQUERJ – União das Entidades Das Quadrilhas Juninas do Rio de Janeiro, Nós Nos Nós, Cia. Teatral Gruta da Lua, Flor no Peito Grupo de Teatro, Cia Títeres da Magéia, Circo Baixada, Bonecos em Ação, Palhaço Orelha e Cia dos Melodramáticos.

Publicado por

LASTRO

O Laboratório da Conjuntura Social: tecnologia e território, criado em julho de 1996, no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tem, por principal finalidade, a valorização da ação social e dos estudos de conjuntura na pesquisa urbana, no momento em que a reestruturação econômica, apoiada nos fluxos informacionais e em novas orientações administrativas, altera oportunidades sociais, funções metropolitanas e o teor sócio-cultural da vida coletiva. O LASTRO encontra-se organizado em torno de uma proposta de trabalho eminentemente metodológica e transdisciplinar, que inclui o alcance de passagens analíticas, de difícil execução, entre esferas, níveis e escalas da experiência urbana brasileira. No desvendamento de uma metodologia adequada à análise de conjuntura comprometida com a dinâmica urbana, valoriza-se o ângulo da ação, onde outras opções analíticas privilegiam mudanças técnicas e tendências exclusivamente econômicas. Sem abandonar estes caminhos, o LASTRO adota, como seu norte reflexivo, as mutações no tecido social, manifestas através de alterações em representações coletivas dos contextos urbanos e em disputas de oportunidades de integração social. A ênfase na conjuntura corresponde a objetivos analíticos relacionados aos vínculos entre estrutura e ação, aos determinantes especificamente sociais da experiência urbana, à desinstitucionalização de relações sociais e à apropriação social de recursos materiais, técnicos e culturais condensados nos espaços metropolitanos do país

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s