Nota oficial e ato da OAB/RJ em defesa da vida de Marcelo Freixo

Nota oficial da OAB/RJ

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio de Janeiro, manifesta profunda apreensão diante das ameaças de morte que tem sofrido o deputado Marcelo Freixo. Ao mesmo tempo, deixa pública sua disposição de participar de quaisquer campanhas suprapartidárias em defesa de sua vida.

Em seu mandato, Marcelo Freixo destacou-se por presidir a CPI que investigou as chamadas milícias – verdadeiras máfias que representam a maior ameaça na área de segurança pública no Rio de Janeiro e um grave risco para a a consolidação do Estado de Direito.

Defender a vida de Freixo e a possibilidade de que ele exerça o mandato livre de quaisquer constrangimentos é dever de todos os democratas.
Por fim, a Ordem dos Advogados reafirma a necessidade de um combate implacável às milícias, com a instalação de UPPs em regiões dominadas por elas e a asfixia de suas fontes de receita.

Só assim esse verdadeiro câncer poderá ser definitivamente extirpado em nosso estado.

Wadih Damous – Presidente da OAB/RJ

 —

OAB/RJ é sede de ato em defesa de Freixo

Na próxima segunda-feira, dia 17, às 16h, a OAB/RJ será sede de ato público de caráter suprapartidário em defesa da vida do deputado estadual Marcelo Freixo (Psol), que está ameaçado de morte por integrantes das chamadas milícias. O evento vai ser no Plenário da Seccional, situado no 4º andar da sua sede.

Nesta segunda-feira, dia 10, o jornal O Globo publicou matéria informando que o ex-cabo da Polícia Militar Carlos Ary Ribeiro, o Carlão, receberia R$ 400 mil para matar o parlamentar. O ex-policial, que fugiu do Batalhão Especial Prisional (BEP), é ligado a um grupo paramilitar de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

O bairro concentra diversos grupos de milícias que foram alvo de CPI presidida por Freixo na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj). O trabalho da Comissão, instalada em 2008, indiciou 225 pessoas, entre políticos, policiais civis e militares e bombeiros.

Preocupada com a vida do parlamentar e com a garantia de que seu mandato não seja cerceado por ameaças e constrangimentos, a OAB/RJ publicou nota oficial nesta segunda-feira conclamando a sociedade a defender a vida do deputado. “Defender a vida de Freixo e a possibilidade de que ele exerça o mandato livre de quaisquer constrangimentos é dever de todos os democratas”, diz a nota.

Na última semana, Freixo participou, junto com o presidente da OAB/RJ, Wadih Damous, da estreia do programa Direito em Debate, produzido pela Seccional e exibido pelo canal Rede Vida toda terça-feira. Em pauta, o combate ao crime organizado.

Publicado por

LASTRO

O Laboratório da Conjuntura Social: tecnologia e território, criado em julho de 1996, no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tem, por principal finalidade, a valorização da ação social e dos estudos de conjuntura na pesquisa urbana, no momento em que a reestruturação econômica, apoiada nos fluxos informacionais e em novas orientações administrativas, altera oportunidades sociais, funções metropolitanas e o teor sócio-cultural da vida coletiva. O LASTRO encontra-se organizado em torno de uma proposta de trabalho eminentemente metodológica e transdisciplinar, que inclui o alcance de passagens analíticas, de difícil execução, entre esferas, níveis e escalas da experiência urbana brasileira. No desvendamento de uma metodologia adequada à análise de conjuntura comprometida com a dinâmica urbana, valoriza-se o ângulo da ação, onde outras opções analíticas privilegiam mudanças técnicas e tendências exclusivamente econômicas. Sem abandonar estes caminhos, o LASTRO adota, como seu norte reflexivo, as mutações no tecido social, manifestas através de alterações em representações coletivas dos contextos urbanos e em disputas de oportunidades de integração social. A ênfase na conjuntura corresponde a objetivos analíticos relacionados aos vínculos entre estrutura e ação, aos determinantes especificamente sociais da experiência urbana, à desinstitucionalização de relações sociais e à apropriação social de recursos materiais, técnicos e culturais condensados nos espaços metropolitanos do país

Um comentário em “Nota oficial e ato da OAB/RJ em defesa da vida de Marcelo Freixo”

  1. Autoridades compromotidas com o Estado Democrático merecem todo o nosso respeito e suas vidas devem receber do Poder Público atenção especial. Assim, sai ganhando o Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s