BARCAS – “não pagaremos”, “o aumento é um assalto”!!!

Publicado originalmente em Cabral Nunca Mais e A Tribuna, disponível aqui e aqui.

O protesto está marcado para as 7 horas da próxima quinta-feira (01/03/2012) em Niterói e no final da tarde na Praça XV.

Investigadores estaduais intensificaram as ações para identificar os organizadores de um grande protesto, marcado para o 1º de março próximo, contra o aumento de 60% no valor das passagens das barcas. A internet está sendo usada para disseminar a manifestação entre os usuários do transporte e a virulência das mensagens transmitidas preocupa os policiais.

O protesto está marcado para as 7 horas da próxima quinta-feira em Niterói e no final da tarde na Praça XV. Essencialmente, os líderes do movimento vão propor que os usuários não paguem a passagem, já com o novo valor de R$ 4,50 – ou R$ 3,10 para quem usa o Bilhete Único. Antes, o preço era R$ 2,80.

Com a manifestação, o município de Niterói pode ter um chamado “dia de cão” no 1º de março, quando entra em vigor a nova tarifa. Segundo a convocação feita pelos organizadores do protesto, estão previstos dois grandes atos de repúdio. Pela manhã, junto à Estação das Barcas, em Niterói, e no fim da tarde será a vez da Praça XV.
Através de mensagens nas redes sociais, organizadores do movimento – que alguns já classificam como “Revolta das Barcas” – convocam para a manifestação com frases de ordem do tipo “não pagaremos”, “o aumento é um assalto”, com relação ao que é classificado como aumento abusivo. Além do repúdio diante da majoração de tarifas, a manifestação também deve exigir melhoria na qualidade do serviço oferecido pela concessionária Barcas S/A.

Temendo uma possível onda de vandalismo em pleno centro de Niterói, o titular da Delegacia Legal do Centro (76ª DP), delegado Alexandre Leite Justiniano, abriu inquérito para apurar a conduta de algumas pessoas que estão fazendo a convocação da manifestação via internet. “Não posso antecipar nada, mas estamos fazendo um levantamento e investigando quem estaria postando algumas mensagens na rede”. limitou-se a afirmar o delegado, confirmando que um inquérito foi aberto.

Publicado por

LASTRO

O Laboratório da Conjuntura Social: tecnologia e território, criado em julho de 1996, no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tem, por principal finalidade, a valorização da ação social e dos estudos de conjuntura na pesquisa urbana, no momento em que a reestruturação econômica, apoiada nos fluxos informacionais e em novas orientações administrativas, altera oportunidades sociais, funções metropolitanas e o teor sócio-cultural da vida coletiva. O LASTRO encontra-se organizado em torno de uma proposta de trabalho eminentemente metodológica e transdisciplinar, que inclui o alcance de passagens analíticas, de difícil execução, entre esferas, níveis e escalas da experiência urbana brasileira. No desvendamento de uma metodologia adequada à análise de conjuntura comprometida com a dinâmica urbana, valoriza-se o ângulo da ação, onde outras opções analíticas privilegiam mudanças técnicas e tendências exclusivamente econômicas. Sem abandonar estes caminhos, o LASTRO adota, como seu norte reflexivo, as mutações no tecido social, manifestas através de alterações em representações coletivas dos contextos urbanos e em disputas de oportunidades de integração social. A ênfase na conjuntura corresponde a objetivos analíticos relacionados aos vínculos entre estrutura e ação, aos determinantes especificamente sociais da experiência urbana, à desinstitucionalização de relações sociais e à apropriação social de recursos materiais, técnicos e culturais condensados nos espaços metropolitanos do país

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s