4. Territorialidades e conjunturas sócio-políticas

Esta linha de pesquisa está dedicada às territorialidades formadas pela ação social, sob o estímulo de mudanças na conjuntura política.  Inclui o estudo de territórios relativamente estáveis (acampamentos, assentamentos, ocupações de imóveis) e territórios fugazes (interrupção de vias, ocupação de pedágios, trajetos criados pelos atores políticos).  Esta linha envolve estudos sobre:  representações coletivas;  formas de apropriação do espaço;  aprendizados entre movimentos sociais;  leituras do território e das oportunidades.  Nesta linha, utiliza-se a cartografia da ação.