5. Impulsos globais: planejamento e poder

Esta linha dedica-se à pesquisa de mudanças na composição dos vetores da modernização da sociedade brasileira. Valoriza-se, sobretudo, a articulação entre: alterações na cultura do planejamento; reestruturação da economia; divisão social e territorial do trabalho;  intervenção estratégica do Estado na configuração espacial do país e desiguais oportunidades de integração social. São estudados, ainda, os seguintes processos: transnacionalização do território, fragmentação territorial, colonização da rede urbana, formação de enclaves (guetificação-gentrificação).